Gestão de Contratos

O uso de Inteligência Artificial na CLM e as questões de segurança digital

Voltar | Por Efcaz 4/10/2021

Inteligência artificial na CLM: Você sabe a importância dela nesta ferramenta e sua relação com a segurança digital? Confira tudo sobre o assunto neste artigo.

Com o avanço das tecnologias digitais, cresce também o número de ataques cibernéticos e, com isso, profissionais de segurança estão recomendando uma “nova” tática para aprimorar a proteção contra hackers: o gerenciamento inteligente e proativo de contratos. Para muitos profissionais e executivos de segurança, este pode não parecer um caminho tão óbvio, mas, na verdade, é apenas a evolução de uma tática de segurança já existente aos tempos modernos. E está atrasada!

A gestão inteligente e proativa de contratos digitais não é “apenas” uma área crucial para o desenvolvimento da segurança cibernética. É também uma grande ferramenta facilitadora da gestão de negócios e de organizações – e, além disso, nunca foi tão fácil usar um software moderno para automatizar o gerenciamento de contratos para ajudar a aumentar os níveis de segurança da sua organização.

Contudo, a preocupação nos círculos de segurança digital com o gerenciamento de contratos digitais têm aumentado. Isto se deve a um ponto estratégico para o funcionamento de qualquer organização nos dias de hoje, e que por isso mesmo acaba se tornando um ponto vulnerável: os ataques à cadeia de abastecimento.

Um ataque à cadeia de suprimentos ocorre quando os hackers atacam uma organização não por meio de um ataque direto a seus sistemas e usuários, mas sim por meio de um ataque a software ou tecnologias fornecidas por terceiros à organização alvo. Usando um ataque à cadeia de suprimentos, os hackers podem realmente atingir muitas organizações ao mesmo tempo, explorando as vulnerabilidades de segurança dos fornecedores dessas organizações.

Um exemplo: em janeiro de 2019, a SolarWinds, empresa que fornece uma solução de software de monitoramento de rede popular, chamada Orion, para 425 das 500 empresas da Fortune 500, bem como para o Departamento de Estado e o Departamento de Defesa dos EUA, foi hackeada por cibercriminosos russos, que usaram o Orion para implantar spyware em milhares de sistemas em centenas de empresas e agências governamentais.

Em outras palavras, os hackers não invadiram o Departamento de Estado ou outros clientes da Solarwind diretamente; eles cortaram um elemento de suas cadeias de suprimentos de software.

Segredos de estado e da indústria ficaram vulneráveis aos ciberataques graças a um descuido da SolarWinds, que inadvertidamente transmitiu essa vulnerabilidade aos clientes por meio de atualizações do sistema.

Então, o que tudo isso tem a ver com gerenciamento de contratos inteligente e proativo?

Inteligência artificial na CLM e segurança digital – como funciona?

As obrigações das partes envolvidas em uma relação de negócios são normalmente estabelecidas em contratos por escrito. Quanto mais complicados os produtos e serviços, mais detalhado é o contrato.

Isso é especialmente verdadeiro para as disposições contratuais relacionadas à segurança cibernética, que tiveram um aumento significativo em sua complexidade nos últimos anos.

As obrigações contratuais em torno da cibersegurança geralmente são uma mistura de requisitos técnicos e procedimentais e podem especificar a adesão a estruturas de cibersegurança reconhecidas pelo setor.

Os contratos também detalham o processo que as partes devem seguir em caso de violação de dados, bem como quaisquer outros recursos disponíveis para cada uma das partes.

É aqui que a gestão de contratos entra em jogo.

O melhor momento para lidar com essas questões é, naturalmente, durante as negociações do contrato, onde sua influência em relação à outra parte terá um impacto significativo na extensão de seu sucesso na negociação de cláusulas favoráveis.

A realidade, entretanto, é que você provavelmente tem de dezenas a centenas – até mesmo milhares – de contratos que foram assinados ao longo de um período de anos.

Em muitos (se não na maioria) dos casos, as disposições contratuais em torno da segurança cibernética estarão inevitavelmente muito desatualizadas e não refletirão o ambiente de ameaças atual, as tecnologias de proteção disponíveis ou os requisitos regulamentares em evolução nessa área.

O software de gerenciamento de ciclo de vida de contrato (CLM) moderno usa inteligência artificial para analisar e revisar contratos, para que você possa executar um relatório rápido sobre todos os seus acordos legais – contratos de fornecedores incluídos – para ver quais incluem linguagem de segurança cibernética e quais são as práticas de segurança específicas garantido por escrito.

Esses recursos de sistema mais novos vão muito além da extração de meros dados de contratos (por exemplo, cláusulas, datas, taxas, etc.) e permitem que o usuário obtenha uma compreensão mais completa das obrigações de cada uma das partes e avalie onde podem existir lacunas.

Na verdade, o software CLM é tão rápido e fácil de usar hoje em dia que você pode estender sua análise de segurança ainda mais para baixo na cadeia de suprimentos, protegendo também seus clientes, parceiros e fornecedores.

O gerenciamento pró ativo e inteligente de contratos deve agora fazer parte das melhores práticas de segurança. A segurança da cadeia de suprimentos exige isso. Uma boa solução de gerenciamento de contratos deve ser adicionada ao seu arsenal de segurança cibernética o mais rápido possível.

As empresas têm dificuldade em gerenciar todos os aspectos de seus contratos com fornecedores, parceiros e clientes. Capturar datas importantes e partes e cláusulas envolvidas é um começo, mas as empresas também devem compreender e analisar as informações contidas nos contratos – termos que podem ter uma influência substancial nos resultados financeiros de uma empresa.

Combinar o gerenciamento do ciclo de vida do contrato com a inteligência do contrato baseado em Inteligência Artificial, através do uso de softwares de CLM, pode fornecer às empresas a visibilidade de que precisam a um custo baixo e colocá-las em um patamar atualizado em relação à segurança digital.

Viste nosso blog para descobrir mais sobre esta e outras vantagens do uso de Inteligência Artificial na gestão de contratos digitalizados e aproveite para entrar em contato com nossa equipe para conhecer como nossa ferramenta auxilia na organização dos processos de gestão de contratos, na realização de todas as etapas de criação, formalização, controle da execução e controle financeiro de forma eletrônica e online, tornando os processos de sua organização mais seguros e ágeis. Não perca mais tempo!

Compartilhe:

A solução ideal para otimizar sua Gestão de Fornecedores e Contratos.

Comece sua inovação agora mesmo

Confira nossas redes sociais:


English EN Portuguese PT Spanish ES